Holding

Uma holding, às vezes chamada de empresa-mãe, possui ações suficientes (geralmente de 10 a 15 por cento) de outra empresa para controlar seu conselho de administração e governar a direção dessa empresa. Essa forma de controle corporativo foi usada pela primeira vez em Nova Jersey em 1889, na sequência de críticas à forma anterior de organização fiduciária. A administração de Theodore Roosevelt abriu um processo contra a Northern Securities Company, uma holding ferroviária em 1902. Dois anos depois, a Suprema Corte ordenou a dissolução do NSC, causando um desaceleração no uso dessa forma de controle corporativo.